Na vida
tudo começa
com um sonho.
Com a Escola
Lúcia Casasanta
não foi diferente.

     
 

Em 1974, começava a funcionar no Olympico Club, no bairro Serra, o Jardim Olympico: uma escola dedicada à educação de crianças de até 6 anos de idade, dirigida pelas educadoras Isabel Andrade Casasanta, Maria Inês Andrade Casasanta, Maria Rita Menicucci e Mariana Casasanta Caiafa (Coli). Quinze anos depois, já com um trabalho solidificado na área de Educação Infantil, a escola passou a oferecer as séries iniciais do Ensino Fundamental e adotou o nome que leva até hoje, Escola Lúcia Casasanta.
Desde a nossa fundação, quando ainda éramos Jardim Olympico, buscamos nos aperfeiçoar sempre. Por isso, trocamos inclusive de sede.

 
     
     
 

Hoje, funcionamos na Rua Rio Verde, 379, bairro Carmo-Sion. As melhorias vão da estrutura até a educação de nossas crianças: novas estratégias de ensino, novas tecnologias e profissionais capacitados enriquecem ainda mais o nosso trabalho dentro e fora das salas de aula. Mas, se por um lado estamos sempre mudando e evoluindo, por outro, há algo que permanece imutável: o sonho que impulsionou a Isabel, a Maria Inês, a Maria Rita e a Coli na criação desta instituição – o de criar um ambiente de educação onde a excelência pedagógica possa caminhar junto com a alegria e o afeto.

 
     
       
 

Lúcia Casasanta, nossa Inspiração.

Lúcia Monteiro Casasanta foi uma das mais respeitadas educadoras do Brasil. Formada pela Universidade de Colúmbia nos EUA, especializou-se em Metodologia da Linguagem. Foi a principal divulgadora e defensora do Método Global para aprendizagem da leitura, adotado como o melhor método durante muito tempo pelas escolas públicas de Minas Gerais.
Na época em que Minas era considerado um dos estados expoentes na educação nacional, Lúcia Monteiro Casasanta foi uma das profissionais que mais à frente esteve envolvida neste processo.

  Lúcia Casassanta
       
     
 

Criou a primeira biblioteca infantil do país e também a primeira clínica para correção de problemas de leitura e de linguagem em suas diversas áreas.
Seus livros, dentre eles a famosa série “As Mais Belas Histórias” que abrange do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental, encantaram e continuam a encantar várias gerações de crianças.

 
     

Na vida tudo começa com um sonho. Com a Escola Lúcia Casasanta não foi diferente.


Na vida
tudo começa
com um sonho.
Com a Escola
Lúcia Casasanta
não foi diferente.



Em 1974, começava a funcionar no Olympico Club, no bairro Serra, o Jardim Olympico: uma escola dedicada à educação de crianças de até 6 anos de idade, dirigida pelas educadoras Isabel Andrade Casasanta, Maria Inês Andrade Casasanta, Maria Rita Menicucci e Mariana Casasanta Caiafa (Coli). Quinze anos depois, já com um trabalho solidificado na área de Educação Infantil, a escola passou a oferecer as séries iniciais do Ensino Fundamental e adotou o nome que leva até hoje, Escola Lúcia Casasanta.
Desde a nossa fundação, quando ainda éramos Jardim Olympico, buscamos nos aperfeiçoar sempre. Por isso, trocamos inclusive de sede.




Hoje, funcionamos na Rua Rio Verde, 379, bairro Carmo-Sion. As melhorias vão da estrutura até a educação de nossas crianças: novas estratégias de ensino, novas tecnologias e profissionais capacitados enriquecem ainda mais o nosso trabalho dentro e fora das salas de aula. Mas, se por um lado estamos sempre mudando e evoluindo, por outro, há algo que permanece imutável: o sonho que impulsionou a Isabel, a Maria Inês, a Maria Rita e a Coli na criação desta instituição – o de criar um ambiente de educação onde a excelência pedagógica possa caminhar junto com a alegria e o afeto.



Lúcia Casassanta

Lúcia Casasanta, nossa Inspiração.

Lúcia Monteiro Casasanta foi uma das mais respeitadas educadoras do Brasil. Formada pela Universidade de Colúmbia nos EUA, especializou-se em Metodologia da Linguagem. Foi a principal divulgadora e defensora do Método Global para aprendizagem da leitura, adotado como o melhor método durante muito tempo pelas escolas públicas de Minas Gerais.
Na época em que Minas era considerado um dos estados expoentes na educação nacional, Lúcia Monteiro Casasanta foi uma das profissionais que mais à frente esteve envolvida neste processo.




Criou a primeira biblioteca infantil do país e também a primeira clínica para correção de problemas de leitura e de linguagem em suas diversas áreas.
Seus livros, dentre eles a famosa série “As Mais Belas Histórias” que abrange do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental, encantaram e continuam a encantar várias gerações de crianças.